Viagem virtual à Marte termina em Moscou


A maior simulação de uma viagem espacial a Marte já feita terminou nesta sexta-feira com a ‘chegada’ à Terra do grupo de seis homens que ficou isolado do mundo exterior em um módulo durante os 520 dias de duração da experiência.

A escotilha foi aberta exatamente às 14 horas de Moscou (8 horas de Brasília), e os seis voluntários saíram do simulador de nave interplanetária montado na sede do Instituto de Problemas Biomédicos de Moscou (IPBM).

Um por um, os ‘terranautas’ deixaram o simulador — sorridentes, como se pôde perceber nas imagens disponibilizadas pela imprensa russa — e foram recebidos por autoridades, familiares e amigos, com os quais só poderão voltar para casa após três dias de quarentena, na qual serão submetidos a exaustivos exames médicos.

Os voluntários – os russos Alexei Sitev (engenheiro), Aleksandr Smoleevski (médico) e Sukhrob Kamolov (cirurgião), o ítalo-colombiano Diego Urbina (engenheiro), o francês Romain Charles (engenheiro) e o chinês Wang Yue (instrutor de astronautas) – concederão uma entrevista coletiva na próxima terça-feira.

‘O projeto Marte-500 foi um sucesso – no mínimo pelo fato de que nenhum dos membros da tripulação internacional desistiu da experiência’, declarou Aleksandr Suvorov, chefe executivo da missão, à agência estatal russa ‘RIA Novosti’.

Suvorov explicou que a simulação demonstrou que ‘o ser humano pode suportar uma viagem a Marte de ida e volta’, embora devido à quantidade de recursos que seriam necessários, incluindo alimentos, a tripulação de uma viagem real seria composta por quatro ‘astronautas’, e não seis.

Viagem em 2030 — O fim da experiência foi aproveitado pelo subdiretor da agência espacial russa Roscosmos, Vitali Davydov, para reiterar que a Rússia tem planos de enviar um voo tripulado a Marte por volta de 2030. ‘Marte está em nossos planos. Será para meados de 2030. Muitos dos que estão aqui hoje viverão para vê-lo’, disse Davydov em entrevista coletiva.

O chefe do programa de voos tripulados da Roscosmos, Alexei Krasnov, informou por sua vez que a agência planeja repetir a experiência Marte-500, mas no espaço. ‘Quando isso ocorrerá? Acho que não antes de dois anos’, disse Krasnov.

Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/apos-520-dias-chega-ao-fim-maior-simulacao-de-viagem-a-marte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s